post

Secretários discutem detalhes do projeto Identidade Funcional

A iniciativa será implantada no Estado e trará benefícios aos servidores

Na manhã desta quinta-feira, 10/04, o secretário do Planejamento e Gestão, Eduardo Diogo, e o secretário-adjunto, Carlos Sobreira, discutiram detalhes e encaminhamentos para a o Projeto Identidade Funcional do Servidor do Estado, que será implantado pelo Governo do Estado.

O trabalho tem o objetivo de aprimorar continuamente o cadastro dos servidores e será feito por meio de captura de dados de informações biométricas, validação de informações cadastrais e emissão da carteira de identidade funcional. Para Eduardo Diogo, projeto irá valorizar e destacar o servidor público do Ceará. “Este é um projeto de Estado, corporativo, e a carteira de identificação será um meio de destacar o servidor público”, reforçou o Secretário.

Durante a reunião, foram definidas estratégias para que o cadastro seja feito de maneira ágil e confortável para todos os servidores. A unicidade das informações será feita em pré-agendamento. “O fundamental é atender sem filas”, destacou o Secretário da SEPLAG. Também foram discutidos prazos. “Alguns projetos desenvolvidos pela SEPLAG são feitos em etapas, mas todos com uma visão de futuro definida. Esta primeira deve estar concluída até o dia 30 de novembro”, definiu Eduardo Diogo. Ele finalizou destacando a execução como ponto central. “Precisamos focar na execução, com competência e absoluta qualidade, assim conseguiremos cumprir os prazos”, concluiu.

O secretário adjunto Carlos Sobreira debateu alguns pontos da logística do projeto, que terá sua primeira etapa de atendimento em Fortaleza e Região Metropolitana. Carlos lembrou a questão do policial militar que estiver prestando serviço no interior, sem ter sido incluído no projeto, e depois é removido para a Capital e RMF, onde a Identidade Funcional já estiver implantada, pois a RMF é o alvo da primeira fase.